segunda-feira, 17 de abril de 2017

Highlights Gara 1 Mxgp Trentino (Pietramurata) 2017: Vittoria Cairoli


Highlights Gara 1 Mxgp Trentino (Pietramurata) 2017: Vittoria Cairoli
2017 FIM Motocross FIM SuperEnduro World Championship
Antonio Cairoli foi o grande destaque da 5ª etapa do Mundial de Motocross 2017, na pista de Pietremurata, em Trentino, Itália. As duas baterias realizadas neste domingo, 16, mostraram que o italiano ainda tem muito gás para queimar e brigar pelo título.
Na primeira prova, TC222 fez boa largada, assumiu a liderança e manteve a vantagem até a bandeirada final. Destaque nesta prova para o desempenho do suíço Arnaud Tonus, que estava em um dia inspirado.
Mas foi na segunda bateria que Tony Cairoli mostrou todo seu talento. Após boa saída do gate, ficou enroscado na segunda curva e teve que fazer uma corrida de recuperação. Numa pista com poucos pontos de ultrapassagem, o siciliano foi agressivo para ultrapassar Tonus, Bobryshev, Desalle, Paulin e Herlings na mesma curva e assim garantir a segunda colocação, que na soma das duas baterias lhe deu o lugar mais alto do pódio.
Gli highlights di gara 1 della MXGP, di scena in Trentino sul circuito di Pietramurata. Ecco il video con i momenti salienti.
#mxgp #trentino #cairoli #motocross #time2ride #dirtbikes #offroad
Video di Andrea Mirenda

domingo, 16 de abril de 2017

Dudu Lima vence segunda etapa do Campeonato Mineiro de Motocross


























O segundo dia de provas do Campeonato Mineiro de Motocross contou com as principais corridas da competição. Quem levantou o público de mais de 10 mil pessoas na pista de Itabirito neste domingo (16) foi o paulista Dudu Lima. Ele andou forte e conquistou novamente o primeiro lugar da categoria profissional, MX1.

O holeshot foi do paranaense Jean Ramos, mas logo em seguida ele foi ultrapassado por Dudu, que acelerou e ganhou grande distância dos concorrentes. A briga depois ficou entre Jean e o paulista Fábio Santos, conhecido como Moranguinho. Eles alternaram de posição, porém o piloto do Paraná acabou em segundo lugar. O terceiro ficou com o irmão de Dudu, Marcello Lima, o quarto foi Fábio Santos e Hector Assunção, também de São Paulo, acabou em quinto.
MX2
Na outra categoria profissional do campeonato, MX2, Fábio Santos teve um destino diferente. Jean largou bem, mas por um erro de poucos segundos foi ultrapassado por Moranguinho, que disparou na frente. Jean mais uma vez terminou na segunda colocação. O paranaense Pepê Bueno ficou na terceira, seguido dos paulistas Gustavo Pessoa e Dudu Lima.

Nacional Pro
A categoria para pilotos com motos de fabricação nacional, teve uma surpresa logo no final. O mineiro José Dutra largou na frente e liderou a prova toda. Faltando três voltas para a bandeirada, o piloto caiu e saiu da corrida, cedendo a liderança para o carioca Maicon de Souza. Depois vieram os mineiros, Marcelo Lima na segunda posição, Bruno Barbosa na terceira e Yuri Miranda quarta e Deivid Vicente quinta.

Amador
Na Amador 32 motos largaram no gate, no entanto, a briga ficou com o carioca Jonathan Gallo e o mineiro Douglas Resende. Gallo saiu na frente e na segunda volta perdeu a posição para Douglas Resende. O atleta de São João Del Rei tentou aumentar a diferença para o segundo o tempo inteiro, mas quase no final perdeu a colocação para Jonathan. O pódio foi completado pelos também mineiros Augusto Henrique em terceiro, Kenne Domingos em quarto, e o paulista Ricardo Tedeschi em quinto.

MX3
Nesta prova dedicada aos pilotos com mais de 33 anos, o vencedor foi carioca Daniel Federal. Ele entrou no circuito e não deu chances para os adversários. O belo-horizontino Diogo Guedes veio logo depois. Mesmo perdendo tempo durante a prova, ele melhorou no final e manteve o segundo lugar. O terceiro foi o paulista Vinícius Machado, o quarto piloto também de São Paulo João de Camargo e o quinto o goiano Rodrigo Siqueira.

85cc
A corrida da categoria de base, dedicada a pilotos com até 16 anos, foi liderada de ponta a ponta pelo atleta do Rio Grande do Sul Bruno Schimitz. Além do gaúcho, o pódio foi composto por quatro paulistas. Rafael de Araujo, João de Freitas, Jairo Júnior e José Pedro.

65cc
A categoria para pessoas até 13 anos foi vencida pelo atleta de São Paulo Bruno Leal. Ele havia chegado a Itabirito uma semana antes e fez uma preparação maior para esta prova. Durante todo o tempo andou na primeira colocação, deixando o segundo lugar para o gaúcho Garmichel Giehl, o terceiro, quarto e quinto lugares para os mineiros Gustavo Abrahão, Felippe Vieira e Luiz Otávio respectivamente.A terceira etapa do Campeonato Mineiro de Motocross está marcada para acontecer nos dias 10 e 11 de junho. A cidade que sediará o evento ainda não foi divulgada pelo Moto Clube Cassios Racing, entidade organizadora da competição.

O GP Itabirito tem patrocínio de Coca-Cola FEMSA Brasil, Monster Energy, Motul, X11, Sense, GMI, Água Mineral Ingá, Epa, Mineirão Atacarejo. Co-patrocínio de Motéis Sunny Day, Edgers, O2BH Kawasaki, Ouseuse e Fokus. Apoio Prefeitura de Itabirito, Evolub, RLR, Funny Night, Dispetral, MRP, Bim Resgates, Uniguincho, Rede Samba de Hotéis, Moto Gerais, jornais O Tempo e Super Notícia, Globo Minas, 98fm e 102,5 Estrada Real.
Por Ana Cláudia Ulhôa
Foto: Thiago Lopes

sábado, 15 de abril de 2017

GP Itabirito de Motocross

Neste domingo ainda ocorrerão mais sete corridas válidas pela 2ª Etapa do Campeonato Mineiro de Motocross. O público poderá conferir a disputa na MX2, 65cc, MX3, Nacional Pró, Amador, 85cc e MX1. Os treinos livres começam a partir de 8h, os classificatórios às 10h e as provas às 13h.

Por volta de 12h30, no intervalo do almoço, será realizada mais uma apresentação de freestyle. Os pilotos Ciro Oliveira e Rodrigão FMX utilizarão as rampas construídas na pista do Córrego do Bação para realizar saltos radicais, como o Ruler, Whips sincronizados e o Heart Attack, comuns em competições do exterior, como X-Games e X-Figther.

Irmãs Cazadini dominam o pódio da categoria feminina no GP Itabirito


O primeiro dia de provas da 2ª etapa do Campeonato Mineiro de Motocross foi marcado por disputas emocionantes entre os favoritos. As mulheres foram as que mais se destacaram e levantaram o público de 4 mil pessoas que compareceu à pista da R. Principal, s/nº, Córrego do Bação, em Itabirito, neste sábado (15).

A MXF começou com Marcely Cazadini na frente e Larissa Daló logo em seguida. A irmã mais nova de Marcely, Lays Cazadini, não largou tão bem. No entanto, ao longo da corrida ela conseguiu alcançar as adversárias e ficou em segundo lugar. Daló ficou na terceira colocação e as também irmãs Iris e Ana Luisa Vieira terminaram em quarto e quinto lugares, respectivamente.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Jonny Walker fará curso para pilotos brasileiros em agosto.

De 5 a 13 de agosto será a vez do JONNY WALKER vir ao Brasil ministrar cursos em diferentes cidades! Os locais serão definidos de acordo com o interesse. Quer fazer o curso? Diga de qual cidade é você!

Apresentação de freestyle será destaque em Itabirito

Como se as mais de 300 motos acelerando na pista da cidade de Itabirito não fossem adrenalina suficiente, a 2ª etapa do Campeonato Mineiro de Motocross terá duas apresentações de freestyle, modalidade na qual os pilotos realizam manobras radicais sobre as motos em saltos gigantes de mais de 20 metros de distância.

Serão dois shows com os pilotos Ciro Oliveira e Rodrigão FMX nos intervalos entre as baterias classificatórias e as corridas tanto no sábado (15) quanto no domingo (16). Assim como todas as atrações do final de semana, o freestyle terá entrada franca e classificação livre, e ocorrerá na Rua Principal, s/nº, Córrego do Bação.

Será montada uma estrutura especial com padrão internacional para a realização da apresentação. “É o mesmo salto que a gente vê no X-Games, na Austrália, no X-Figthes, na Europa e nos Estados Unidos”, explica o piloto Ciro Oliveira. Ele afirma ainda que a distância entre a rampa e a recepção é de 73 pés, ou cerca de 25 metros.

Os espectadores podem esperar manobras ousadas como a Ruler, Whips sincronizados e o Heart Attacks. Mas Ciro não revelou tudo “Essas são apenas alguns dos truques, mas não podemos contar tudo, porque tem que ter um pouco de surpresa na hora”, brinca.

O GP Itabirito tem patrocínio de Pro Tork, Motul, X11, Sense, GMI, Água Mineral Ingá, Epa, Mineirão Atacarejo. Co-patrocínio de Motéis Sunny Day, Edgers, O2BH Kawasaki, Ouseuse e Fokus. Apoio Prefeitura de Itabirito, Evolub, RLR, Funny Night, Dispetral, MRP, Bim Resgates, Uniguincho, Rede Samba de Hotéis, Moto Gerais, jornais O Tempo e Super Notícia, Globo Minas, 98fm e 102,5 Estrada Real.

SERVIÇO: 2ª Etapa Campeonato Mineiro de Motocross

Data: 15 e 16 de abril

Horário: a partir das 8h

Local: Rua Principal, s/nº, Córrego do Bação , Itabirito / MG

Entrada Franca

Classificação Livre

Segunda de Motocross em Itabirito/MG.

A Coca-Cola FEMSA Brasil é patrocinadora da etapa de Itabirito do Campeonato Mineiro de Motocross, que será realizada, nos dias 15 e 16 de abril, na cidade. Durante a competição, a empresa fará ativações das marcas Coca-Cola e Monster Energy. O evento, que tem entrada franca, ocorrerá, a partir das 8h, na pista localizada na rua Principal, s/nº, Córrego do Bação.
De acordo com George Leite, gerente de Marketing da Coca-Cola FEMSA Brasil, o patrocínio ao evento é uma excelente oportunidade de reforçar a ligação das marcas à prática de esportes. “Além disso, nosso objetivo é estimular todos os esportes, apoiando sempre competições nas cidades em que atua”, declara.
Itabirito, onde a Coca-Cola FEMSA possui uma fábrica, já sediou a Copa Minas Gerais de Motocross por três vezes e, no Campeonato Mineiro em 2017, vai contar com uma nova estrutura, que inclui equipes de pista, bandeirinhas, cronometragem, comunicação, locução e segurança médica. Entre as novidades estão duas apresentações de freestyle, feitas pelos pilotos Rodrigão e Ciro Oliveira, e um show de wheeling (manobras com a motocicleta empinada), com a equipe Alto Giro Pro Tork.
O evento também vai promover o desafio Short Track Sense de Mountain Bike, para pilotos convidados. Outra mudança do Campeonato de Motocross foi a inclusão de três novas categorias, a MX5, a Importada Amador e a Nacional Amador, criadas para incentivar os pilotos amadores e experientes.
Sobre a Coca-Cola FEMSA
Coca-Cola FEMSA, SAB de C.V produz e distribui Coca-Cola, Fanta, Sprite, Del Valle, Schweppes e outras bebidas do portfólio da The Coca-Cola Company em 10 países: México (uma parte substancial da região central, incluindo a Cidade do México, bem como sudeste e nordeste do país); Guatemala (Cidade da Guatemala e região metropolitana); Nicarágua (todo o país); Costa Rica (todo o país); Panamá (todo o país); Colômbia (maior parte do país); Venezuela (todo o país); Brasil (parte do país); Argentina (Buenos Aires e arredores) e Filipinas (todo o país). A empresa, maior franquia do sistema Coca-Cola no mundo, também engarrafa e distribui água, sucos, chás, isotônicos, cervejas e outras bebidas em alguns desses territórios. Ao todo, possui 63 fábricas e 327 centros de distribuição, atendendo mais de 358 milhões de consumidores por meio de aproximadamente 2,8 milhões de pontos de vendas e conta com mais de 120 mil funcionários em todo o mundo.
No Brasil, a empresa está presente como Coca-Cola FEMSA Brasil em 48% do território nacional, empregando cerca de 20 mil funcionários e atendendo mais de 88 milhões de consumidores, distribuídos nos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e em parte do estado de Goiás.
No Brasil, são 42 centros de distribuição e 12 fábricas, sendo a unidade de Jundiaí (SP) a maior no mundo em volume de vendas em produtos Coca-Cola.